sábado, 28 de maio de 2011

Primeira publicação 2006

Título original: Brothers














"Trata-se de um livro fantastico, em todos os sentidos desta palavra-uma saga chinesa, a um só tempo exótica e universal; uma narrativa épica do destino se mesclando à História"
San Francisco Chronicle


Sim, este é um dos melhores livros que já eu li. Ele prende atenção do começo ao fim. É de tirar o fôlego, com certeza.
O livro conta a história de Tan Long e Shento, dois    irmãos que não se conhecem, mas cujos destinos se   cruzam. O general Ding Long, durante a Revolução  Cultural, tem um filho fora do casamento, Shento que cresce nas montanhas ignorando a existencia de seu irmão Tan, que cresce na capital Beijing (para nós, Pequim) com uma vida luxuosa. E assim vão vivendo até que a situação politica da China muda e os dois se apaixonam por Sumi Wo.
Em 493 paginas acontece muiiita coisa. Tan é preso, torturado, Shento vira guarda costas do presidente e ainda tem a briga por Sumi (cujo nome significa rio. Esqueci de dizer que ambos Tan e Shento significam montanha. - assim como no japonês, os kanji chineses tem mais de um jeito de se pronunciar) e o massacre da Praça Tiannamen (praça celestial). 

"Apaixonada por dois irmãos! [...] Quem eu deveria escolhe? Shento, com sua crueza da gente das montanhas e sua sede desesperada? Ou Tan, com coração amoroso que tranquilizava minha mente, sem dixar espaço para magoas e a solidão, fazendo com que eu não precisasse de mais nada? Um morreria por mim. O outro não viveria sem mim"

0 comentários:

Postar um comentário